Siga a AEPET
logotipo_aepet

Contra o imoral equacionamento da Petros

Mais de mil pessoas compareceram ao ato em Defesa da Petros e contra o equacionamento, nesta quarta-feira (21).

Publicado em 22/02/2018
Compartilhe:

A concentração aconteceu no Edifício Senado (EDISEN). A programação do ato continuou com uma caminhada pela Rua Henrique Valadares até o outro edifício sede da Petrobrás – EDISE, no Centro do Rio de Janeiro. No encerramento do Ato em Defesa da Petros, os manifestantes cantaram em conjunto o Hino Nacional do Brasil. O ato também aconteceu em outros Estados, como na Bahia e no Ceará.

“A maioria das pessoas presente aqui no ato é de aposentados, mas essa é uma luta de toda a nossa categoria. Então, chamamos todo o pessoal da ativa, do Plano Petro I, assim como os que participam do Petro II, que se posicionem contra esse equacionamento imposto, sem que a patrocinadora (Petrobrás) tenha pagado os montantes devidos por ela à Fundação Petros. Por isso, estamos lutando em defesa da nossa categoria, em defesa de uma aposentadoria digna, e, sobretudo, em defesa do ser humano” afirmou Patricia Laier, conselheira da AEPET e diretora do Sindipetro-RJ.
Com informações do Sindipetro-RJ

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se no AEPET Direto para receber os principais conteúdos publicados em nosso site.
Ao clicar em “Cadastrar” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.
Jornalismo AEPET
Compartilhe:
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários

Gostou do conteúdo?

Clique aqui para receber matérias e artigos da AEPET em primeira mão pelo Telegram.

Continue Lendo

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se no AEPET Direto para receber os principais conteúdos publicados em nosso site.

Ao clicar em “Cadastrar” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.

0
Gostaríamos de saber a sua opinião... Comente!x