Siga a AEPET
logotipo_aepet

Vigília força Petrobrás a criar comissão para tratar do fim do PEDs

Pleito foi apresentado à presidente da Petrobrás, Magda Chambriard, em reunião presencial no último dia 25/06

Publicado em 03/07/2024
Compartilhe:
Vigília em defesa da Petros. Foto: Alex Prado

Nesta terça-feira (02) uma delegação do Fórum das Entidades em Defesa dos Participantes e Assistidos da Petros se reuniu com a diretora-executiva da Petrobrás, Clarice Coppeti, e a gerente-executiva do RH, Lilian Soncin, para tratar das reivindicações da categoria que miram o fim dos equacionamentos e a sustentabilidade da Petros.

As representantes da companhia confirmaram a formação de uma comissão para debater os problemas e eventual aporte financeiro no fundo de pensão da categoria petroleira, a ser formada por membros da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) e da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) – ambos órgãos do governo federal que confirmaram a participação –, além da Petros, Petrobrás e das entidades que compõem o Fórum.

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se no AEPET Direto para receber os principais conteúdos publicados em nosso site.
Ao clicar em “Cadastrar” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.

O objetivo é construir uma proposta para acabar com os Planos de Equacionamentos dos Déficts dos PPSPs (PEDs), a partir das premissas apontadas pelos representantes da categoria no GT Petros.

A criação da Comissão foi proposta pelas entidades do Fórum durante a reunião que tiveram com a presidenta da estatal Magda Chambriard, no dia 25 de junho.

Uma conquista que é fruto direto da luta dos aposentados e pensionistas que estão em vigília desde o dia 20 de junho, no acampamento montado pelas entidades do Fórum, em frente à atual sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro.

A vigília completa duas semanas nesta quarta-feira, 03/07, mobilizando militantes das associações e das entidades sindicais em defesa da vida e da dignidade de mais de 50 mil famílias que estão sendo gravemente impactadas pelos PEDs, a grande maioria delas de aposentados e pensionistas cujos benefícios são corroídos pelos descontos abusivos da Petros.

Jornalismo AEPET
Compartilhe:
guest
4 Comentários
Mais votado
Mais recente Mais antigo
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários

Gostou do conteúdo?

Clique aqui para receber matérias e artigos da AEPET em primeira mão pelo Telegram.

Continue Lendo

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se no AEPET Direto para receber os principais conteúdos publicados em nosso site.

Ao clicar em “Cadastrar” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.

4
0
Gostaríamos de saber a sua opinião... Comente!x