Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Europa vai abandonar dólar dos EUA em pagamentos por petróleo iraniano

16 Maio Lido 2224 vezes

A União Europeia planeja mudar os pagamentos para o euro por suas compras de petróleo do Irã,

eliminando as transações em dólares, disse uma fonte diplomática à RIA Novosti.

Bruxelas está em desacordo com Washington em relação à retirada dos EUA do acordo nuclear com o Irã, que foi alcançado durante a administração de Barack Obama. O presidente Donald Trump prometeu reimpor sanções contra a República Islâmica.

"Eu estou a par das informações que a UE vai mudar de dólar para euro para pagar pelo petróleo bruto do Irã", disse a fonte à agência.

No início desta semana, a chefe da política externa da UE, Federica Mogherini, disse que os ministros das Relações Exteriores do Reino Unido, França, Alemanha e Irã concordaram em encontrar soluções práticas em resposta à decisão de Washington nas próximas semanas. O bloco está planejando manter e aprofundar os laços econômicos com o Irã, inclusive na área de fornecimento de petróleo e gás.

Mogherini enfatizou que os lados deveriam trabalhar em conjunto no levantamento de sanções como parte integral do histórico acordo nuclear. "Não somos ingênuos e sabemos que será difícil para todos os lados."

O acordo nuclear com o Irã, conhecido como Plano de Ação Compreensivo Conjunto (JCPOA), foi selado há três anos em Viena entre Teerã e os poderes do P5 + 1 (China, França, Rússia, Reino Unido, EUA e Alemanha).

O acordo terminou com décadas de sanções internacionais em troca do Irã restringir seu polêmico programa nuclear. Em 16 de janeiro de 2016, os participantes do acordo anunciaram o início de sua implementação.

O levantamento das sanções internacionais deu ao Irã acesso aos mercados do mundo pela primeira vez em quase quatro décadas. Desde então, Teerã conseguiu aumentar significativamente suas exportações de petróleo bruto.

Fonte: RT

Tradução: Alex Prado

Última modificação em Quinta, 17 Maio 2018 10:12
Avalie este item
(1 Vote)
0
0
0
s2sdefault
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed