Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Petrobrás se desfaz totalmente da TAG

Publicado em 21/07/2020 Lido 1932 vezes

A Petrobrás confirmou a venda dos 10% de ações que ainda detinha na Transportadora Associada de Gás (TAG).

A Engie Brasil pagou R$ 1 bilhão e passa a deter 65% do controle acionário. O restante 35% pertencem ao fundo canadense Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ).

A TAG possui a mais extensa malha de transporte de gás natural do Brasil, com uma infraestrutura de gasodutos de aproximadamente 4.500 km, localizada ao longo de parte do litoral Sudeste e do litoral Nordeste do país, além de um trecho que liga Urucu a Manaus (AM), na região Norte. A rede possui, ainda, 11 estações de compressão de gás, 14 pontos de recebimento e 90 pontos de entrega, e conta com potencial para novos desenvolvimentos, tais como expansão da rede, novas conexões de agentes, projetos de armazenagem de gás e transporte de biogás.

O presidente da AEPET, Felipe Coutinho, lamentou:

- Atualmente, a palavra de ordem na indústria do petróleo é “diversificação”. Na Petrobrás, ao contrário do que ocorre no cenário internacional, é “concentração” de atividades. Em suma, a venda da TAG, além de legalmente questionável, não atende a critérios técnicos e ao interesse público.

Leia aqui a Nota Técnica da AEPET: Avaliação da iniciativa de privatização da Transportadora Associada de Gás S.A. (TAG)

Avalie este item
(10 votes)
Veja algumas métricas do portal.