Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Símbolo maior da nossa soberania

Publicado em 10/08/2021 Escrito por  Manoel Dias Lido 488 vezes

face-homemO Brasil atual assiste a um dos momentos mais tristes de sua História

com conceitos que — antes duramente consagrados — desabam em meio à destruição de nosso país, através de parcerias com mentalidade colonialista e subalterna daqueles que nos governam hoje. Isto tem corroído as estruturas pátrias.

Dentro deste obscurantismo, ocorre o aniquilamento de um dos mais importantes patrimônios de nosso povo e símbolo maior de nossa soberania nacional: a Petrobrás.

Nós, trabalhistas, estabelecemos os primeiros alicerces da industrialização brasileira; e conceituamos na prática, ao longo da História, a formação de nossa soberania nacional com Getúlio Vargas, João Goulart e Leonel Brizola.

Isto nos habilita a estar na linha de frente, com outras entidades nacionalistas, na defesa de nossa soberania e na repulsa em meio ao seu sucateamento.

Entendemos que soberania constitui independência, autonomia, e, acima de tudo, liberdade; e o oposto a isto é dependência, servidão e submissão — seja de um país ou de um povo.

É por isso que se faz necessário reafirmar e compreender o sentido de soberania; e defendê–la com toda firmeza para que não haja, posteriormente, consequências indissolúveis na vida de todos nós, brasileiros e brasileiras.

Continuamos, nestes momentos sombrios, a reafirmar o princípio maior do Trabalhismo: o desenvolvimento nacional está entrelaçado ao Estado indutor, investidor e garantidor da distribuição das riquezas; e que somente com nossa soberania garantida temos as condições necessárias e indispensáveis para avançarmos para a emancipação plena do nosso povo.

Não renunciamos à luta de classes por entendermos as contradições sociais; e a necessidade de romper com a ganância dos que insistem em coexistir à custa da miséria e da subescravidão daqueles e daquelas que realmente constroem nossa grandeza nacional.

Criminosas são as ações irresponsáveis do desmonte feito na Petrobrás em meio às falácias enganosas de um governo que tende, exclusivamente, a atender aos interesses internacionais, e que visa o ajoelhar do nosso povo perante as potências ávidas pelo nosso mais sublime patrimônio.

A Petrobrás é uma das maiores empresas do mundo no setor petrolífero. Por mérito de seus trabalhadores e trabalhadoras, técnicos e técnicas, engenheiros e engenheiras, pesquisadores e pesquisadoras, é dona de uma das mais avançadas tecnologias de extração de petróleo em águas profundas e ultraprofundas. Através disto, é portadora da mais importante reserva petrolífera descoberta nos últimos 20 anos, o Pré–sal; e uma das mais importantes indutoras do nosso desenvolvimento tecnológico e de pesquisa nas áreas em que atua.

Pertencente ao povo brasileiro e símbolo de nossa mais aguçada inteligência transfigurada em alta tecnologia, carrega em si a nossa independência e a nossa luta, por dirigirmos nosso próprio destino.

Não há desenvolvimento e riqueza para aqueles que abrem mão do seu patrimônio, de sua independência e de sua soberania. As grandes nações, diferentemente do que pregam aos países subdesenvolvidos, são exemplos disto.

O Trabalhismo, que já sofreu em sua própria carne as armações e articulações destes vendilhões da pátria — através da Fundação Leonel Brizola– Alberto Pasqualini e do Centro de Memória Trabalhista — reafirma a Petrobrás como um dos mais basilares legados do nosso
Brasil.

Honraremos sempre o sangue derramado por Getúlio Bilhete sobre o sentimento do presidente Getúlio Vargas: “Estou sentindo que me querem fazer prisioneiro. Eu não sou prisioneiro de ninguém.” Data atribuída: 1953. Arquivo Nacional. Vargas através de um tiro no peito; e o teor histórico de sua Carta–Testamento, em que denunciou as aves de rapina, em 1954. Assim como não renunciaremos a memória, a vida dedicada de João Goulart e de Leonel Brizola em defesa de nossa soberania e do compromisso prioritário do Trabalhismo e do PDT — e que também responde pelo nome de Petrobrás.

Manoel Dias é presidente da FLB–AP e secretário-geral do PDT

Publicado em Legados Trabalhistas

Avalie este item
(2 votes)
Veja algumas métricas do portal.