Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Opep+ continua dando as cartas

04 Outubro Lido 553 vezes

Cotação do Brent ultrapassou os US$ 80 por barril


A reunião da OPEP+ desta segunda-feira (04) terminou com notícias bastante decepcionantes para aqueles que esperavam um aumento surpreendente na produção de petróleo. O grupo concordou em manter os planos de produção inalterados - adicionando 400.000 bpd em novembro.

Esse era o plano original, mas os preços do petróleo têm subido e uma crise de gás na Europa e na Ásia, e apelos dos Estados Unidos deram ao mercado a esperança de que a OPEP+ pudesse considerar adicionar ainda mais produção à cota para o mês de novembro.
Os preços do petróleo subiram com as notícias.

O WTI estava sendo negociado a $ 77,55 às 17h, momentos após o anúncio da OPEP +. Este é um aumento de 2,37% no dia ou US $ 1,80 por barril. O Brent estava sendo negociado em alta de 2,5% (+ $ 1,98), a $ 81,26 - confortavelmente acima dos “assustadores” $ 80 por barril.

A OPEP+ decidiu em meados de julho que começaria a devolver 400.000 bpd ao mercado todos os meses a partir de agosto até desfazer todos os cortes de 5,8 milhões de bpd. O grupo concordou em estender o acordo existente de abril de 2020 até o final de dezembro de 2022.
E parece que esse acordo, por enquanto, vai se manter.

Essa dinâmica do mercado de petróleo pode permanecer por mais tempo se o inverno no hemisfério norte for tão frio quanto o esperado. Com as reservas de gás abaixo da média de cinco anos na Europa e a escassez de energia na China forçando o fechamento de fábricas e o medo de apagões, a demanda por petróleo provavelmente permanecerá robusta por algum tempo, apesar das previsões sombrias de longo prazo. E isso significa que a OPEP + continuará dando as cartas, liderada pelos membros com maior capacidade disponível.

Com informações de Oilprice.com

Avalie este item
(3 votes)
0
0
0
s2sdefault
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed