Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

O parasitismo corporativo e a destruição da Petrobrás

Publicado em 25/04/2017 Lido 897 vezes

Desde a brusca mudança na remuneração dos cargos de confiança instituída na administração do presidente Reichstul, pôde-se perceber uma mudança na tendência da atuação dos gerentes da companhia.

26/04/2017

 

O parasitismo corporativo e a destruição da Petrobrás

 

O parasitismo corporativo vai muito além do alinhamento gerencial aos seus superiores, por diversas vezes prejudicial à companhia. Já é possível perceber que a estratégia de alinhamento como forma de sobrevivência corporativa tem feito escolha dentre os colegas da área técnica. Debates francos sobre o futuro da companhia estão sendo substituídos pelo silêncio de modo que, ao que parece, o medo de combater o desmonte da maior empresa do país é maior que o interesse em trabalhar pelo seu fortalecimento.


Veja Mais
Curta a página da AEPET no Facebook
Acompanhe as publicações da AEPET também pelo Facebook.  

 

Veja Mais

Palestra sobre a situação da Petros, dia 02, no Clube de Engenharia
O presidente do Conselho Fiscal da Petros, Ronaldo Tedesco, vai apresentar a palestra “A situação da Petros”, na próxima terça-feira, 2 de maio, às 18h, no Clube de Engenharia.

 

Veja Mais

O desmonte da Petrobrás e seus impactos na soberania nacional
 

 

Veja Mais

"Mentira pura !": desmontando argumentos do governo sobre a Previdência
Especialistas contestam argumentos falaciosos tirados de discursos e entrevistas do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

 

Veja Mais

 

O fim das ilusões conciliadoras

Por Aldo Fornazieri

Como diria Raymundo Faoro, a conciliação é um método de operação das elites para permanecerem no poder, mantendo o statu quo, sob uma enganosa aparência de mudança. Como caminho de mudanças efetivas, a conciliação fracassou.


Veja Mais
 
 

Estará à vista o fim do mundo?

Por Paul Craig Roberts

Trump e seus comparsas no Império Americano devem estar inconscientes de que estão a provocar guerra com a Rússia e a China, se não são psicopatas.


Veja Mais
 
Notícias importantes dos últimos “AEPET Diretos”:

Presidente da Total da lição de empresa integrada a Parente (leia mais)

Combate à sonegação e evasão de divisas pode equilibrar finanças públicas (leia mais)

Parente quer que Brasil despreze biocombustíveis (leia mais)

 

“AEPET Notícias” - Leia os boletins mais recentes

2016: o ano que pode durar 20 anos (leia mais)

Contratos bomba comprometem o futuro da Petrobrás (leia mais)

Estratégia de Parente obriga Petrobrás a repetir fracasso das multis do petróleo (leia mais)

COTAÇÃO DO PRETRÓLEO
O barril Tipo Brent estava em US$ 52,26 nesta 3ª feira (25/04). Por seu lado, o óleo leve negociado em Nova Iorque foi para US$ 49,70 o barril.
(Oilprice.com)



Fonte:
Link:
Título da imagem:
Créditos:
Legenda:

Avalie este item
(0 votes)
Veja algumas métricas do portal.