Siga a AEPET
logotipo_aepet

4 motivos pelos quais os dividendos pagos pela Petrobrás, em 2021 e 2022, são insustentáveis

Felipe Coutinho reforça os argumentos da AEPET contra a exorbitante distribuição de dividendos pela gestão da Petrobrás

Publicado em 09/11/2022
Compartilhe:

Em entrevista ao jornalista Mauro Lopes, da TV Fórum, no dia 4 de novembro, o vice-presidente da AEPET elencou os quatro principais motivos que tornam insustentável a política de distribuição de dividendos, como feita em 2021 e 2022, pela gestão da Petrobrás.

Para Coutinho, esta distribuição se dá através de uma brutal queda nos investimentos produtivos, da venda de ativos fundamentais, da momentânea alto no preço do petróleo e a redução das reservas em caixa.

Clique para ver o vídeo

Leia também o artigo: Insustentáveis Dividendos Pagos pela Atual Direção da Petrobrás

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se para receber os principais conteúdos publicados pelo Jornalismo da AEPET.

Ao clicar em ”Quero receber” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.
Jornalismo AEPET
Compartilhe:
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários

Gostou do conteúdo?

Clique aqui para receber matérias e artigos da AEPET em primeira mão pelo Telegram.

Continue Lendo

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se para receber os principais conteúdos publicados pelo Jornalismo da AEPET.

Ao clicar em ”Quero receber” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.

0
Gostaríamos de saber a sua opinião... Comente!x