Siga a AEPET
logotipo_aepet

Vigília Petros: Representantes das entidades se reúnem com a presidente da Petrobrás

Nota das entidades que integram o Fórum em Defesa dos Participantes e Assistidos da Petros

Publicado em 26/06/2024
Compartilhe:

De acordo com a nova presidente da Petrobrás, Magda Chambriard, a solução dos equacionamentos dos déficits dos planos PPSP-NR e PPSP-R passa obrigatoriamente pelos órgãos de controle, principalmente pelo TCU.

A afirmação foi feita nesta terça-feira, 25, em reunião com as lideranças das entidades que integram o Fórum em Defesa dos Participantes e Assistidos da Petros. Chambriard alegou que há muitas leis e outras disposições legais que impõem limites para atuação da Petrobrás.

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se no AEPET Direto para receber os principais conteúdos publicados em nosso site.
Ao clicar em “Cadastrar” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.

Segundo a presidenta da empresa, o elemento essencial para alcançar a solução seria a chamada “vantajosidade” da proposta exigida pelos órgãos controladores.

Em suma, Magda afirmou que há vários caminhos possíveis e o que for melhor será buscado por meio de consenso entre todos os atores envolvidos. Ela enfatizou que o consenso é fundamental para a solução dos PEDs.

Os gestores do jurídico da Petrobrás informaram que ainda aguardam o relatório final do GT Petros para avaliar e apontar os caminhos que passam pela negociação, com consenso de todos os lados, aproveitando a atual conjuntura política. Segundo eles, todos terão que encontrar um caminho sem conflitos entre a empresa, os órgãos controladores e governamentais, bem como as entidades e os assistidos.

Ao final, os gestores da Petrobrás afirmaram que a solução consensuada ao emergir deverá ser clara, objetiva e massivamente publicizada, para que não haja dúvida no passo seguinte para adesão em massa dos assistidos.

Diante dessas afirmações, os representantes da categoria tornaram a enfatizar a urgência de uma solução definitiva para o fim dos PEDs e propuseram a formação de uma Comissão formada por representantes dos órgãos de controle da Petrobrás e da Petros (SEST E PREVIC), da própria Petrobrás e das entidades que compõem o Fórum em Defesa dos Participantes e Assistidos da Petros.

Os representantes das entidades cobraram também que o Relatório do Grupo de Trabalho Petros seja disponibilizado para todos e não sigiloso, como foi proposto pelos representantes da Petrobrás no GT.

Ao final, os dirigentes da Petrobrás se comprometeram a buscar junto aos órgãos de controle a formação da Comissão reivindicada pelas entidades e concordaram em concluir o Relatório do GT sem a exigência do sigilo, para que possa ser publicado.

As entidades que integram o Fórum continuam mobilizadas e reforçam a importância de fortalecer a unidade, com a participação ativa da categoria na vigília em frente ao Edisen, onde aposentados, pensionistas e trabalhadores da ativa estão acampados há seis dias, cobrando da Petrobrás o atendimento das propostas apresentadas no GT Petros.

Rio de Janeiro, 25 de junho de 2024

Fórum em Defesa dos Participantes e Assistidos da Petros

Federação Única dos Petroleiros (FUP)

Federação Nacional dos Petroleiros (FNP)

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos (Conttmaf)

Federação das Associações de Participantes de Fundos de Pensão, Anistiados, Empregados e Ex-Empregados do Sistema Petrobrás e Petros (Fenaspe)

Associação de Mantenedores-Beneficiários da Petros (Ambep)

Jornalismo AEPET
Compartilhe:
guest
26 Comentários
Mais votado
Mais recente Mais antigo
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários

Gostou do conteúdo?

Clique aqui para receber matérias e artigos da AEPET em primeira mão pelo Telegram.

Continue Lendo

Receba os destaques do dia por e-mail

Cadastre-se no AEPET Direto para receber os principais conteúdos publicados em nosso site.

Ao clicar em “Cadastrar” você aceita receber nossos e-mails e concorda com a nossa política de privacidade.

26
0
Gostaríamos de saber a sua opinião... Comente!x