Castello Branco insiste no mito da Petrobrás quebrada para tentar justificar privatizações

O Excedente da Cessão Onerosa e o interesse público

Toma lá direitos previdenciários dos brasileiros, dá cá migalhas pela entrega do petróleo do Brasil

Privatizar faz mal à Petrobrás e ao Brasil

Análise da exploração e produção dos excedentes da Cessão Onerosa

Vídeo desmonta a falácia da privatização para redução da dívida da Petrobrás

Debate: 25 anos do Programa Faixa Livre

Um quarto de século na luta por soberania, desenvolvimento e justiça social

Leia mais
O Brasil não cabe no quintal de ninguém

Representante brasileiro no FMI e no Banco dos Brics vai contar os bastidores do seu trabalho

Leia mais
‘Novo normal’ é de Termer para baixo

Crescimento 'lânguido' do PIB dá sinais de desaceleração; indústria fica no vermelho

Leia mais

Cartas & Votosda Aepet (Pesquisar: Cartas / Votos)

Precarização do ACT para promover a privatização

Contradizendo o que se apregoa em campanhas de forte apelo (mas pouca coerência),

Leia mais
Carta da AEPET ao Presidente do Conselho de Administração da Petrobrás

Carta da AEPET ao Presidente do Conselho de Administração da Petrobrás

Leia mais
Análise da exploração e produção dos excedentes da Cessão Onerosa

Parlamentares autorizam entrega dos excedentes da cessão onerosa. Estudo Técnico da AEPET mostra que União sairá perdend

Leia mais
Nota da AEPET sobre o resultado do 2º trimestre de 2019 da Petrobrás

As privatizações geram lucros não recorrentes e prejudicam os resultados futuros da Petrobrás.

Leia mais

AepetTV

O presidente da AEPET, Felipe Coutinho, e o engenheiro PhD Paulo Cesar Lima debatem palestra do presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco, proferida na Comissão de Infraestrutura do Senado, em 13 de agosto de 2019.
AEPET mostra, de maneira objetiva, que privatização da Petrobrás, mesmo de maneira fatiada, resulta em preços altos, investimentos baixos, desemprego, riscos econômicos e desnacionalização

Redes sociais

  Métricas

associações e organizações

Veja também nossas métricas no Google Analytics.

Joomla! é código livre sob licença GNU/GPL License.
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed